Publicidade

domingo, 11 de setembro de 2016

Gonzalo Frasca: "Los videojuegos son un cañón láser cargado de futuro p...

Duolingo, la aplicación que está ayudando a millones de personas a habla...

Scratch, el software gratuito del MIT con el que tu hijo aprenderá a pro...

Salman Khan, el responsable de que millones de niños mejoren sus notas d...

Jimmy Wales, fundador de la Wikipedia: “No es cierto que hayamos hecho a...

Kano, el ordenador que puede ser construido y programado por un niño de ...

El tipo que te convencerá de que las matemáticas son la profesión del fu...

Jean Baptiste Huynh te muestra el videojuego con el que puedes aprender ...

Wonder Quest, los youtubers de Minecraft que educan a los niños de primaria

sábado, 10 de setembro de 2016

Leandro Karnal - "Por que vocês apenas reclamam e não fazem nada?"





A servidão, por sua vez, pode ser uma zona mais confortável que a liberdade. “boétie falou sobre o incômodo da liberdade séculos antes de sartre. os tiranos precisam de assessores. precisam de um grupo que os apoie. quanto mais sou oprimido, mais eu tiranizo também. assim os tiranos se multiplicam. cada um pisa naqueles que é possível. o mais subserviente dos gerentes é aquele que pisa no faxineiro”, disse.

Leandro Karnal - "Aquele que mais lambe o patrão é o mais agressivo com ...





Com base no livro “discurso sobre a servidão voluntária”, karnal traçou um paralelo entre os ensinamentos de etienne la boétie e o período atual.

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Mago Saramago - Caverna de Platão e as imagens



"Nesse mundo do audiovisual acaba que nos perdermos de nós próprios, do mundo que vivemos, sem saber bem quem somos, para que viemos e que sentido tem a vida"

"A maioria das coisas em nossas vidas acontecem sem muito sentido. Então somos todos ávidos pelo significado."

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

O aluno de Medicina do milênio

Existe um grande apelo hoje em dia em relação à informação e ela está disponível em diversos locais e plataformas. O aluno de Medicina do milênio, aquele que já nasceu com a internet, tem acesso muito facilitado à informação, mas alguns aspectos precisam ser avaliados. No vídeo, os participantes debatem sobre as dificuldades dos alunos em estabelecerem filtros, como o professor pode auxiliar nesse aspecto, como trabalhar melhor a questão da empatia com o paciente e do foco nesse cenário tecnológico e de multitarefas. 

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Black Ferns Haka (with lyrics) - New Zealand's women's rugby team

Fazendo meu HAKA matinal, preparando-me para a luta, em busca do meu objetivo maior.



"Nāna i tiki mai whakawhiti te rā

Upane...Upane

Upane Kaupane

Whiti te rā!" **



O Haka é conhecido mundialmente pela performance de intimidação no início dos jogos de Rugby da seleção da Nova Zelândia.

"Com o Haka, eu sinto como se eu estivesse assumindo a família que trago comigo, em qualquer lugar que eu vá.

Eu estou mostrando a todos como a m inha família me criou. O que eles fizeram por mim. Eu também estou me preparando para entrar no campo de batalha, enfrentar qualquer pessoa que queira desafiar minha família.

Isso me fortalece e como minhas companheiras perto de mim eu me sinto mais forte."



"Ressoaam as ondas do mar quebrando na areia.

É o sabor da vitória que  nos traz aqui e honramos o legado dos antiogs campeões.

A tensão toma nosso corpo e sentimos a proximidade de nossos ancestrais quando entramos no campo de batalha.

O manto dos líderes cobre nosso bravo time que grita com toda força.

Não vamos nos submeter!

Batamos com força! Sejamos rápidas! Lutemos até o final!

Para que o elgado resista até o futuro!

Aqui estamos! Hora de aproveitar! Está feito!"



**

"Que fez com que o sol brilhasse novamente para mim

Suba a escada, suba a escada

Suba até o topo

O sol brilha!"





sábado, 6 de agosto de 2016



Vinte anos de UFRGS: como começou minha história na UFRGS

Hoje, dia 06 de agosto, completo 20 anos de UFRGS!
Eu era professora no SENAC, quando dois alunos me falaram de um concurso para professor, na UFRGS. Falei que nada a ver, que isso não era para mim. Logo a grande UFRGS!?
Na semana seguinte, falaram de novo. Melhor dizendo, insistiram que eu devia concorrer ao concurso, pois a Escola Técnica da UFRGS (ETC) precisava de bons professores, que haviam gostado muito de mim, etc,...
 Elisabete, que trabalhava comigo, e ela falou: Vai Rute! Vai e assim a gente fica sabendo como são os concursos da UFRGS. Ok! Mas só para isso. No último dia, consegui me inscrever.
Dia da prova chegou. Prova escrita. Poderíamos levar os livros que quiséssemos. Nos dariam 36 assuntos. No momento da prova, sorteariam 3 e a prova deveria ser sobre aqueles assuntos.
Sem noção de como seria, levei comigo um livro que havia ganhado do Sergio Chegando lá, vejo os outros 18 candidatos com sacolas de livros. Senti-me pequena.
Sortearam os 3 assuntos: Pascal (eu nunca havia visto nada sobre esta linguagem de programação); Planilhas eletrônicas (eu nunca havia trabalhado com isso, mas havia feito um curso de curta duração de Quatro Pro, sem nunca ter usado. Só tinha uma ideia do que significavam planilhas eletrônicas) e Redes de computadores (não conhecia nada, afinal era um assunto muito novo, mas, no SENAC, num sábado de manhã tivemos a apresentação da rede Novell - permitia conectar os nossos microcomputadores ).
Com todo este "vasto" conhecimento comecei a prova.
O que fazer? Abro o livro e qual é um dos assuntos? PASCAL. Aleluia!
Começo a 'estudar' e vejo que é a cara do ILA, o Interpretador de Linguagem Algorítmica, que eu conhecia muito bem, afinal eu usava o ILA para ministrar as aulas de Lógica de Programação. Comecei a escrever. Usei metade do tempo para fazer esta parte da prova. Tinha de correr, pois precisava escrever sobre redes e planilhas.
Mas o que escrever, dio mio?
Assim como fiz ao escrever sobre Pascal, pensei que tinha de escrever para leigos. Explicar o que era redes e o que era planilhas, para alguém que nunca tinha visto isso na sua frente.
Desta vez, a escrita foi em minúsculas (a prova em Pascal havia sido toda em maiúsculas, como sempre se fazia, ao programar nas folhas de programação - hábitos antigos e enraizados não se perdem). Falo isso, porque um dos professores da banca de avaliação, comentou que eu deveria ser ou ter sido programadora.
 Dia da abertura e correção da prova chegou.
Os envelopes lacrados eram levados para a sala pela Madalena (a psicopedagoga da ETC, que foi uma pessoa maravilhosa para mim).
Entrega a prova, fazem 2 cópias e cada um dos 3 professores vão fazendo a correção e as observações assim, na tua frente e...sempre tem aquela parte que ..puutz! Escrevi isso?
Mas não podia dizer nada. Praticamente só ouvir.
Após , foi sorteado o assunto para a próxima prova: didática.
Sacode o saco com os bilhetes. Torço para pegar o papel de DOS, que era o sistema operacional que eu conhecia muito bem. Torço para não pegar o papel em que estava escrito LINUX.
Tiro e um papel fica na minha mão e outro cai no chão. O da minha mão estava escrito LINUX. Siiiimmm! Pedi para mexer de novo, pois haviam caído dois.
Aceitaram!
Mexe bastante o saco. Coloco a minha mão nele e remexo lá dentro. Pego um papelzinho.
O que estava escrito nele? LINUX!! :-O
Mais nada restava a fazer.
Eu tinha 24 horas para me preparar.
Eram 9h da manhã, do dia 25 de abril de 1996. Aniversário da minha filha. Tinha de fazer algo para ela à noite. Tinha o dia todo de trabalho no SENAC durante o dia. A Bete me lembrou que na biblioteca havia um livro que falava sobre LINUX e que ninguém mais usava. Peguei-o.
À noite, após a festinha de aniversário, arruma a casa e dormir. Devia ser meia-noite.
Às 3h da madrugada acordo. Começo a estudar. Faltavam 6 horas para a prova.
Prepararei uma aula, como se fosse o primeiro dia em que iria ter de explicar aos alunos o que era e como funcionava o LINUX.
Fiz de conta que, no semestre anterior, eles já haviam estudado DOS, então comecei a explicar fazendo analogias com estes sistema operacional. E fui ao "kernel" do LINUX.
Às 6h30 da manhã, entrei para o banho, acordei os filhos. Eles para a aula e eu fui para o local da prova/aula.
Para esta prova podíamos usar o recurso que bem quiséssemos, no caso transparências era o "must". Obviamente que eu não tinha isso. Cheguei lá e disse aos alunos (por sorte só os 3 professores da banca estavam presentes, já que esta prova é aberta ao público) que eu havia preparado as transparências, mas, ao chegar, verifiquei que o retroprojetor estava estragado, portanto eu iria usar somente o quadro negro (verde) e giz. (Um dos professores que sabia que era mentira minha, começou a rir).
 Terminei a aula de 45min e o KF veio falar comigo:
_ Parabéns! Deste uma boa aula. Tem pouca gente que conhece tão bem o LINUX. :-O :-D
O Cabral, que sabia que eu não conhecia começou a rir e explicamos:
_Me enganaste muito bem, diz KF.
Dias depois, o resultado seria apresentado ao público em geral, comunidade da ETC.
Todos os 19 candidatos presentes, todos querendo ocupar a unica vaga para a área de Informática. Começam pelo resultado da prova de títulos. Ao meu lado estava um candidato que tinha alcançado 19 pontos. Eu 7. Só tinha graduação. Mais nada. E paixão...sim, esta eu tinha!
Resultado da prova escrita: 9,4.
Resultado da prova didática: 9,7.
PRIMEIRO LUGAR!! Eu chorei...
 Relutei em ocupar o cargo, pois o salário diminuiria em 30%, mas os queridos colegas insistiram e eu fui.
Assim comecei a minha vida na UFRGS.
E 20 anos já se passaram. Muita história vivida.
A ETC virou IFRS e eu fiquei na UFRGS. Hoje, estou lotada no Colégio de Aplicação.
Mais cinco anos pela frente, antes de chegar o tempo da aposentadoria.
O que virá? Só sei que quero que seja como muitos dos anos vividos na ETC, junto a tantos alunos queridos. Que seja mais leve, porém, pq lá ... bem, não importa.
Agradeço, de coração, a todos que estiveram ao meu lado, que me ajudaram neste percurso. Agradeço, acima de tudo, aos alunos...aos queridos alunos, eternos filhotes do coração e queridos amigos para sempre. Eles me ajudaram a ser quem sou e me ensinaram que valia a pena seguir o caminho de meu pai, de meu nono e de tantas tias: uma professora de verdade! Por eles e para eles, para saber mais sobre aprendizagem, sobre uma melhor forma de fazer educação, procurei me qualificar, fazendo Mestrado e, agora, o Doutorado. Dos meus queridos alunos, sinto saudades.... muitas...
Montagem (as primeiras) feita pelos alunos do PDD, meus filhotes amados.





Com alunos de uma das turmas mais recente. As fotos anteriores é de uma das primeiras turmas.

O livro que ajudou a acontecer o "milagre". Santa ajuda! 

VINTE ANOS DE HISTÓRIA! Vinte anos dedicados à Educação.
E assim começou a minha história na UFRGS...
Uma das antigas reuniões, onde aparece a querida Madalena (1ª, à esquerda)

Rute Vera - Redes sociais como plataforma de ativismo político - 2BlogPr...

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Entrevista especial com Dilma Rousseff para TV Brasil (integra)



A TV Brasil, em parceria com a Rede Minas, apresentou nesta quinta-feira (9), entrevista gravada com a presidenta afastada, Dilma Rousseff, feita pelo jornalista Luis Nassif.

A entrevista se insere no esforço da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) para produzir um jornalismo com equilíbrio editorial e pluralidade de pontos de vista.

Com esse objetivo, a EBC encaminhou solicitação de entrevistas, no mesmo formato, ao presidente da República interino, Michel Temer, ao presidente do Senado, Renan Calheiros, e ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski.

Nessas solicitações, o próprio presidente da EBC, Ricardo Melo, reforça que a TV Brasil e a EBC foram criadas para cumprir o dispositivo constitucional que estabelece a complementariedade dos sistemas público, estatal e privado na radiodifusão. Melo destaca, ainda, que o Jornalismo da TV Brasil tem um papel de destaque nesta missão, pautando-se pelo equilíbrio editorial e pela pluralidade dos pontos de vista apresentados.

http://tvbrasil.ebc.com.br

Leandro Karnal - Palestra: Modernidade Líquida e os Desafios do Judiciário

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Colin Stokes: Como filmes ensinam masculinidade TED

Quando o filho de 3 anos de Colin Stokes viu algumas cenas de Star Wars, ele ficou obcecado no mesmo instante. Mas que mensagens será que ele absorveu do clássico sci-fi? Stokes está procurando por mais filmes que mandem mensagens positivas aos meninos: que cooperar é heroico, e respeitar as mulheres é tão valoroso quanto derrotar os vilões. (Filmado no TEDxBeaconStreet.)



sexta-feira, 18 de março de 2016

DEMOCRACIA é o que eu quero, por Leandro Karnal

A DEMOCRACIA

(leiam, escutem, assistam... mas não deixem passar isso em branco.
"A democracia não é um sistema onde todo mundo é ético, mas é o sistema onde os não éticos podem ser punidos.
A democracia não é o sistema onde todo mundo é bom, mas é o sistema onde alguns ruins podem ser punidos.
A democracia não é o sistema que garante o paraíso na terra, mas é o sistema que impede que o inferno se instale.
A democracia não é um sistema perfeito, usando a frase do conservador Churchill, é o pior dos sistemas, com exceção de todos os outros.
Não há denúncia de corrupção na Coreia do Norte. Não havia denúncia de corrupção na Itália fascista.
Não há denúncia de corrupção no período militar.
Quando eu faço uma denúncia de corrupção no período militar, como Elis cantou "O bêbado e o equilibrista", tem que fazer uma metáfora, da metáfora, da metáfora... "caía a tarde feito um viaduto", para falar de uma obra super-faturada, feita com material inferior, que desabou.
eu tenho que fazer a metáfora da metáfora. Ou alguém supõem que as mesmas empreiteiras que, agora, estão nos bancos dos réus, quando fizeram Itaipu eram de uma probidade absoluta?
Que essas empreiteiras eram regidas por anjos e, agora, por demônios?
A diferença entre as empreiteiras da década de 60, 70, Itaipu, projeto de Angra dos Reis, Transamazônica, Ponte Rio-Niterói, metrô... A diferença dessas empreiteiras é que não havia, nessa época, autonomia de um tribunal de contas, não havia uma Polícia Federal que batalhasse por isso, não haviam juízes autônomos, não havia opinião pública, e aí, os generais e seus comandantes passavam por honestos.
Honestidade, nesse caso, era a ausência de denúncia.
A Democracia é o sistema que possibilita que eu traga a julgamento essas pessoas.A Democracia é o sistema que possibilita que eu cresça, debate, ...faça essas coisas.
Por isso que a Democracia não é apenas o melhor sistema, mas é o único sistema que possibilita que alguma ética, alguma justiça, alguma igualdade social possa existir, mesmo com as suas falhas estruturais. E, exatamente, em busca dessa Democracia que elege essas pessoas que eu quero ouvi-los debater, redarguir, em função disso, e saber da nossa posição e do nosso compromisso para aprofundar esta questão."
_Leandro Karnal
"Mais do que a corrupção, o fascista pratica a MALDADE!" _Norberto Bobbio


quinta-feira, 10 de março de 2016

LA VILLA DEI PAPIRI DI ERCOLANO





Ercolano, cittadina vesuviana, fu sepolta dall’eruzione del Vesuvio nel 79 d.C. Alberto Angela ci guida negli scavi della Villa dei papiri, appartenuta alla famiglia dei Pisoni, che però prende il nome dai circa mille papiri ritrovati nella ricchissima biblioteca, custoditi, oggi, nell'Officina dei papiri ercolanesi alla Biblioteca Nazionale di Napoli. La villa, con le sue stanze affrescate, i mosaici unici al mondo, è stata riportata parzialmente alla luce con un lungo restauro che permetterà di visitare i suoi ambienti, che si sviluppano su una lunghezza di circa 350 m., e si trovano a 30 metri sotto il livello della città moderna.
La Villa dei papiri, la cui pianta era già nota nel settecento, all’epoca dei Borboni, fu ricostruita, in maniera molto simile all’originale, dal miliardario Paul Getty, in California, a Malibù, ed è stata, successivamente, trasformata in un museo.
Superquark, 1996 - RAI SCUOLA.

segunda-feira, 7 de março de 2016

O novo Inferno de Dante -> Stromae - carmen

Estado de Sitio - filme completo Legendado (fatos reais)





Estado de Sítio (État de siège) é um filme franco-teuto-italiano de 1972 dirigido por Costa-Gavras, estrelado por Yves Montand e Renato Salvatori. O roteiro é do próprio diretor, baseado em livro de Franco Solinas, com música de Mikis Theodorakis.

A história se baseia em fatos reais: o sequestro no Uruguai do agente americano Dan Mitrione e do cônsul brasileiro Aloysio Gomide pelos Tupamaros, em 1970. O filme foi filmado no Chile, então governado por Salvador Allende.

SINOPSE:
Em Montevidéu, Philip Michael Santore (Montand), um funcionário americano da entidade AID, é raptado por um grupo de guerrilha urbana de extrema-esquerda autodenominado Tupamaros. Mais duas autoridades são raptadas no mesmo dia, o cônsul Campos, do Brasil, e um outro, funcionário da embaixada dos Estados Unidos, sendo que esse consegue escapar. Durante o interrogatório pelos captores encapuzados, Santore se diz um simples técnico mas é confrontado com evidências de que sua missão real é instruir policiais de vários países sul-americanos, ensinando métodos questionáveis tais como tortura, intimidação e assassinatos sem julgamento, o que levaria a formação de "Esquadrões da Morte", acobertados pelas autoridades. Enquanto Santore é mantido cativo, os sequestradores negociam com o governo a troca dos reféns por prisioneiros políticos, causando uma grave crise institucional e a quase renúncia do presidente do país.

sexta-feira, 4 de março de 2016

quarta-feira, 2 de março de 2016

Vecchia Roma

Interessante olhar para isso e reconhecer cada lugar,  perceber as mudanças ocorridas desde então..

Perceber que Roma continua sendo bella...sempre bella.





sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Università Cusano: La Scelta

Cosa farai da grande? Il dilemma della scelta giusta ci accompagna fin da piccoli. Ma è importante scegliere consapevolmente perché “Siamo le scelte che facciamo!“.