Publicidade

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Natal gaudério - apenas um jeito diferente de dizer ...

Tchê,
numa dessas
tardes em que
o sol tava se indo
embora, e eu no meu
matear solito, comecei a pensar.
Estamos botando mais uma marca
na existência da vida. Então decidi que
deveria mandar uma tropilha de palavras
pra ti, assim, poderia dividir com meus amigos,
esses devaneios de saudades desse tempo que já se
foi, pois já estamos no fim dessa etapa chamada de 2010.
Nisso me lembrei dessa tal de INTERNETCHE, achei que
seria fácil, era só camperiar por alguns SITES e já de pronto
acharia o que estava por campear. Me deparei com muita coisa da
buena, mas nada daquilo que eu queria te dizer, pois descobri que não
havia ali as palavras puras que minha xucra alma sente para falar contigo.
Por isso vivente te digo, com esse meu jeitão rude, que fiz tudo que pude.
Pra te dizer o que minha alma sente,  queria ter te encontrado todos os dias,
ter te dito, buenos dias, buenas tarde, buenas noite e tudo mais, mas, talvez
nos vimos tão depressa, no  afazer das nossas tarefas, que nem isso aconteceu,
pois o ano recém nasceu, e já está para acabar.  Mas peço ao Tropeiro do Universo, sim,
Ele que tudo pode, que nos traga sentimentos nobres, de amor e amizade. Que tenhas lembranças boas, por tudo que te aconteceu. Que o Menino que nesta data nasceu, nos ilumine todos os dias. Que renasça a alegria, para quem à perdeu. Que se acaso não te aconteceu, tudo aquilo que queria. Que não percas a alegria, o entusiasmo e a coragem, a vida é uma viagem, mas é nós que escolhemos
o caminho,
espere mais
um pouquinho,
e tudo vai
acontecer.
Um novo ano
vai nascer,
deposite
nele tua
esperança,
 quem espera
 sempre alcança,
  diz o velho ditado.

Então, te desejo parceiro(a), amigo(a) junto com tua gente,  um Novo Ano maravilhoso,  de conquistas, alegrias, saúde, muiiiiiita saúde, paz e realizações.
Mas para que tudo aconteça, antes, se agarre na proteção do céu, agradecendo ao Pai Soberano,
pois assim a cada ano, será feliz o teu viver, e em cada amanhecer,
Será como um NOVO ANO !!!Feliz Natal!!!
E um baaaaaaaita 2011 tchê...

Foto clicada por Maria Luiza Favero 

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

O que é o Natal para mim















Fiquei pensando, porque o Natal é uma data triste...
Mas que ambíguo sentimento! Também sinto que é uma data alegre, de muita felicidade, e mesmo assim, choro. Choro sempre que lembro de Natal, com um espírito mais aberto, quando penso com espírito de Natal.

Por que??
Pensei e acho que sei o porquê!
Não é necessariamente porque Jesus nasceu, não tem necessariamente uma ligação religiosa. Está diretamente ligado a nossa infância.
Quem não sonhou, nos dias que antecediam o Natal, quando criança, com as melhores coisas do mundo?
Cada criança sonhava os seus sonhos, com a visão que tinha do seu mundo, com os limites que seu mundo lhe impunha. Mas sonhávamos os sonhos mais intensos, mas ricos, mais plenos.
O que era impossível? Nada! Nada era impossível enquanto o Natal não vinha.

Para muitos, senão a maioria, o dia do Natal sempre era uma grande surpresa, mas também sempre nos colocava diante da nossa realidade, às vezes, nem tão bela como havíamos sonhado.
Lá estava um humilde presente, mas ... quem não curtia o seu presentinho e lhe dava o valor que cabia a seus sonhos? Todos os sonhos cabiam dentro daquele pequeno presente. E por instantes esquecíamos que havia uma distância entre o sonho e a realidade.

Como vemos o Natal hoje? Como o vejo?
Fugimos, fugimos ... mas eis que de repente alguém nos cutuca e diz:
—"Hei, o Natal está ai!"
Pois é... então...

Abra os olhos. Abra teu coração e não tenha medo de sonhar de novo. Sonhe e sonhe cada vez mais alto. Mesmo que, mais uma vez, no dia do Natal venhas a perceber que a distancia que separa o sonho da realidade seja intransponível, sonhe! Volte a sentir com o coração de criança.
Não tenha medo! Seja criança novamente. Sorria! Deixe seu coração disparar ao imaginar os presentes debaixo da arvore de Natal, ao imaginar seus sonhos realizados.

Não seja tão adulto! NÃO!!
Deixe aflorar em ti a criança que acreditava no "Natal, Natal das crianças. Natal da estrela guia. Natal do Menino Jesus".

Por ser, hoje, tão difícil deixar a criança sair um pouquinho da toca, é que fico triste e choro.
Percebo que, muitas vezes, a criança fica encarcerada. Fico triste, mas nem sempre sei como soltá-la. Apenas me finjo de forte, de alegre, sorriso estampado no rosto, mas olhos tristes, pois estes jamais esconderão os sentimentos sentidos no coração.
Ser criança novamente? Oh, meu Deus! Como é difícil!

Por isso que muitas pessoas não gostam do Natal. Não sabem mais onde se escondeu a maravilhosa criança que existe dentro de cada um.
E aí, como ser feliz, ingenuamente feliz??? Só resta uma alegria disfarçada.
Oh, bella criança, saia do teu esconderijo!
O jogo de esconde-esconde acabou.
Está na hora de recomeçarmos uma nova brincadeira: a brincadeira do sonho. A brincadeira onde tudo é possível.
Onde todos são filhos de Papai Noel, e, portanto, onde todos somos irmãos.
Uau!! Que familiona!!

"Papai Noel, vê se você tem a felicidade pra você me dar..."

Texto escrito em 20/12/2001
Foto clicada por Maria Luiza Favero, do presépio feito pelos  meus pais, na Dolorata - Santa Tereza - RS

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Trinta dias (texto emprestado de Sandrinha)

Identifiquei-me com esta poesia escrita pela minha querida amiga Sandra (@sandraacalasan), quase alma gêmea. Claro que pedi licença a ela para trazer pra cá!   
Realmente, tanta coisa pode acontecer em 30 dias!
Tanta coisa pode mudar, ser e deixar de ser.
E fica tão difícil entender, aceitar... por vezes,  as mudanças são imperceptíveis, sutis, outras são como uma bigorna a cair por sobre nossa cabeça. nosso coração.


 
Em apenas trinta dias
tudo pode acontecer

Você pode nascer,
você pode morrer …

Em apenas trinta dias
Você pode deixar a seriedade de lado
e só falar asneiras,
fazer bandalheira

Você pode deixar de ser severo consigo mesmo
e simplesmente se aceitar,
se permitir

Pode ser percebido … ou deletado …

Em apenas trinta dias
você pode trocar
o não pelo sim …

Uma lagoa de lágrimas
pelo riso (des)compromissado
da sacanagem

Trinta dias é a conta
pra você sair da casinha
e experimentar ser livre

Mas vai ter que se acertar
com a ansiedade
e muito, muito mesmo …
é com a saudade !!!

Em apenas trinta dias
tudo pode acontecer …

você pode adoecer
você pode socorrer
você pode desistir ou sobreviver

Em apenas trinta dias
você pode se envolver
mas pode se devolver

Pode ir, pode voltar
E de novo rir
E de novo chorar …

Trinta dias é a conta
para se reconhecer,
se decifrar, se reinventar

Mas o mais importante é que,
em apenas trinta dias
você pode persistir, resistir
e ficar pronto pra viver uma nova história

Porque a vida é movimento.


Fonte:
http://elementolingua.wordpress.com/2010/11/18/trinta-dias-e-a-conta
De Sandra Calasan

Foto clicada por mim em 16/12/2010

sábado, 11 de dezembro de 2010

C'est la vie! Quando amanhecer, é melhor começar a correr



Correndo com Antílopes e Comendo com os Leões

"Todos os dias de manhã, na África, o antílope desperta.
Ele sabe que terá de correr mais rápido que o mais rápido dos leões, para não ser morto.
Todos os dias, pela manhã, desperta o leão.
Ele sabe que terá de correr mais rápido que o antílope mais lento, para não morrer de fome.
Não interessa que bicho você é, se leão ou antílope.
Quando amanhece, é melhor começar a correr."
Provérbio africano, retirado do livro O Mundo é Plano

Levante sua voz sempre q puder. Lute! Faça! Aja! Viva!


Intervozes - Levante sua voz from Pedro Ekman on Vimeo.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

O dia em que um sorriso parou São Paulo.(poderia ser tb aqui)

Tire a poeira dos livros!

Recebi isto há pouco... quase deleto direto, mas abri sem querer e achei que não podemos deixar de pensar nestas dicas e... agir, principalmente (e somente)  se tiverem livros. É claro!

  


Manter a estante de livros sempre limpa é um desafio. Aproveite o período de férias para isso. Aqui, alguns truques para ajudar você:

• Folheie os livros com frequência. Isso evita a proliferação de micro-organismos que atacam o papel.
• Deixe um espaço no fundo da estante para o ar circular por trás do móvel e prevenir o bolor.
• Limpe a cada dois meses as páginas com uma escova de cerdas macias para tirar o pó.
• Molhou as páginas sem querer? Espalhe um pouco de amido de milho entre elas e remova tudo no dia seguinte.
• Livros precisam tomar sol a cada seis meses. Ele tem efeito bactericida e acaba com as traças.
• Nunca vire as páginas com os dedos úmidos. A saliva é corrosiva e acelera a decomposição do papel.
• Se a estante tiver portas, deixe-as abertas durante o dia, uma vez por semana.

Fonte: http://bit.ly/9yfoko

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Algumas dificuldades; limitações minhas















Incrivel como é o ser humano.
Bem, neste caso estou a me referir ao ser humano chamado Rute.
Siiimm!!!
Eu mesma...

Escrevi isto no Twitter, há pouco:
" Esquisito... sensação q não gosto...Coração apreensivo... Não,... deve ser nada...Deve ser apenas cansaço.. é.. acho q é isso"

E fiquei a conjecturar sobre isso.

Com razao, não concordam?
Afinal... quem gosta de sentir o coração apertado, sentir-se apreensiva??
Creio que ninguém goste disso.
Tampouco EU... euzinha aqui.

E acho que descobri....
Nem é questão de apreensão "real".

EU SÓ ESTOU CANSADA MESMO!!

Mas eu renego tanto o cansaço físico... mas tanto, que nem consigo reconhecê-lo quando ocorre.

Rutinha, Rutinha.... vai dormir, Rutinha!

Sábio conselho!
Não concordam?!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Comprometida: Intimidade, companheirismo...


Tenho tweetado algumas frases que eu gostei durante a leitura deste livro: Comprometida, de Liz Gilbert.

Sempre que o fiz, foi por concordar com o que estava sendo dito.
Hoje, posto algo que gostei, pois fala de intimidade, companheirismo....

INTIMIDADE: troca de histórias (de vida) no escuro.
  
O ato da conversa noturna tranqüila, ilustra mais do que tudo a estranha alquimia do companheirismo.
  
Com o tempo a intimidade nos leva a herdar e trocar as histórias um do outro.
  
Nos tornamos treliças, nas quais a história do outro pode crescer. A história de cada um se torna um pedaço de memória do outro; a vida de cada um se entrelaça com a matéria-prima da vida do outro.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

We All Want to Be Young (leg)



O filme 'We All Want to Be Young' é o resultado de diversos estudos realizados pela BOX1824 nos últimos 5 anos. A BOX1824 é uma empresa de pesquisa especializada em tendências de comportamento e consumo.

Este filme possui licença aberta pelo Creative Commons.

Roteiro e direção: Lena Maciel, Lucas Liedke e Rony Rodrigues.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Diálogo do filme MATRIX (eu escolho)

SMITH:

Por que, Sr. Anderson? Por que você faz isso? Por que levantar-se? Por que se manter lutando? Você acredita que está lutando por alguma coisa? Por algo mais que sua sobrevivência? Você pode me dizer o que é? Você sabe o que é? Por liberdade? Ou verdade? Talvez paz? Sim? Não? Poderia ser por amor? Ilusões, Sr. Anderson. Caprichos da percepção. Construções temporárias de um intelecto humano fraco, tentando desesperadamente justificar uma existência sem significado ou propósito. Vidas tão artificiais quanto a própria matrix. Embora somente a mente humana poderia ter inventado algo tão insípido como o amor. Você deve ser capaz de enxergar. Você deve saber disso agora. Você não pode vencer. Não há sentido em continuar lutando. Por que Sr. Anderson? Por que? Por que você persiste?

NEO:

Porque eu escolhi fazê-lo.



http://wglucchesi.blogspot.com/2010/11/dialogo-do-filme-matrix.html

Foto clicada no show de Paul McCartney, em Porto Alegre - 07/11/2010

sábado, 23 de outubro de 2010

Ultimatum ( Deixem-me respirar! Abram todas as janelas)





















Ultimatum

Álvaro de Campos (1917)

Mandado de despejo aos mandarins do mundo
Fora tu reles esnobe plebeu
E fora tu, imperialista das sucata
Charlatão da sinceridade e tu, da juba socialista, e tu qualquer outro.

Ultimatum a todos eles e a todos que sejam como eles todos.
Monte de tijolos com pretensões a casa
Inútil luxo, megalomania triunfante
E tu Brasil, blague de Pedro Álvares Cabral que nem te queria descobrir.

Ultimatum a vós que confundis o humano com o popular
Que confundis tudo!
Vós anarquistas deveras sinceros
Socialistas a invocar a sua qualidade de trabalhadores para quererem deixar de trabalhar.
Sim, todos vos que representais o mundo, homens altos passai por baixo do meu desprezo
Passai, aristocratas de tanga de ouro,
Passai frouxos
Passai radicais do pouco!

Quem acredita neles?
Mandem tudo isso para casa, descascar batatas simbólicas
Fechem-me isso a chave e deitem a chave fora.
Sufoco de ter só isso a minha volta.

Deixem-me respirar!
Abram todas as janelas

Abram mais janelas do que todas as janelas que há no mundo.
Nenhuma idéia grande, nenhuma corrente política que soe a uma idéia grão!

E o mundo quer a inteligência nova
O mundo tem sede de que se crie
O que aí está a apodrecer a vida, quando muito, é estrume para o futuro.
O que aí está não pode durar porque não é nada.

Eu, da raça dos navegadores, afirmo que não pode durar!
Eu, da raça dos descobridores, desprezo o que seja menos que descobrir o mundo novo.
Proclamo isso bem alto, braços erguidos, fitando o Atlântico
e saudando abstratamente o infinito.

domingo, 17 de outubro de 2010

Aos meus queridos amigos do Twitter...













Hei! será q o teu nome (TT) está aqui nesta lista?
Acho q sim...



A vcs todos que interagiram comigo nesse sábado e madrugada de domingo (em dia de inicio de horário de verão.. eba!) desejo uma linda noite e doces sonhos.
Desejo também q tenham um magnífico e esplendoroso domingo de primavera, com muita alegria, muito amor, riso de crianças, sabor de algodão doce, brincadeira de rolar na grama, cheiro de terra molhada, barulhinho de chuva, ciranda cirandinha, sombra de uma árvore, perfume da primavera, caldo de cana, ... e muito amor para dar e receber.
Só coisas boas para todos .. se não for possível realizá-las, q estejam presentes no pensamento, nas doces lembranças...
Um beijo carinhoso a todos














Fotos que cliquei no Uruguai em Abril/2010

sábado, 16 de outubro de 2010

PARA OS QUE VIRÃO (Os que virão serão povo)














Foto clicada pela Elenor, em Santa Tereza. Meus pais e meus tios. 2007.

PARA OS QUE VIRÃO
Thiago de Mello

Como sei pouco, e sou pouco
Faço o pouco que me cabe
Me dando inteiro.
Sabendo que não vou ver
O homem que quero ser.

Já sofri o suficiente
Para não enganar a ninguém:
Principalmente aos que sofrem
Na própria vida, a garra
Da opressão e nem sabem.

Não tenho o sol escondido
No meu bolso de palavras.
Sou simplesmente um homem
Para quem já a primeira
E desolada pessoa
Do singular - foi deixando,
Devagar, sofridamente
De ser, para transformar-se
- muito o mais sofridamente –
na primeira e profunda pessoa do plural.

Não importa que doa: é tempo
De avançar de mão dada
Com quem vai no mesmo rumo,
Mesmo que longe ainda esteja
De aprender a conjugar
o verbo amar.

É tempo sobretudo
De deixar de ser apenas
A solitária vanguarda
De nós mesmos.

Se trata de ir ao encontro.
(dura no peito, arde a límpida
verdade dos nossos erros.)
Se trata de abrir o rumo.
Os que virão, serão povo,
E saber serão, lutando.

Às vezes saio a caminhar pela cidade...

Casinha Branca
Maria Bethânia
Composição: Gilson/ Joran 

Eu tenho andado tão sozinho ultimamente
Que nem vejo em minha frente
Nada que me dê prazer
Sinto cada vez mais longe a felicidade
Vendo em minha mocidade
Tanto sonho perecer
Eu queria ter na vida simplesmente
Um lugar de mato verde prá plantar e prá colher
Ter uma casinha branca de varanda
Um quintal e uma janela para ver o sol nascer
Às vezes saio a caminhar pela cidade
Procura de amizades
Vou seguindo a multidão
Mas eu me retraio olhando em cada rosto
Cada um tem seu mistério
Seu sofrer, sua ilusão

terça-feira, 12 de outubro de 2010

É a isto que chamamos de cidadania?

Quando saí à rua no dia 03 de outubro de 2010, para votar, pois... afinal somos obrigados a fazer isso.
Não que eu não fosse se não houvesse a obrigatoriedade; quis apenas salientar.
Então, ao sair deparei-me com este quadro.
Aí eu me pergunto: É ISSO QUE CHAMAMOS DE CIDADANIA???











É isso??
É isto??







Se juntássem todos esses papéis, daria para fazer um cobertor ao mendigo, ao estilo patchwork.







Quantas árvores foram cortada para esse fim? Conseguirão recuperar o meio ambiente, estes candidatos que se "beneficiaram" indiscriminadamente desse recurso?










































Volto à pergunta inicial:
É ISSO QUE SE CHAMA CIDADANIA??

E mais... quem ajudará a recuperar o meio ambiente dessa depredação ocorrida?

Considero isso indignante.
Como cidadã que sou, não consigo aceitar, mas... parece-me que me resta pouco a fazer, a não ser me indignar e protestar. Encontrei esta forma para fazê-lo.

Todas as fotos foram clicadas no dia 03/10/2010, ao sair pelas ruas da cidade de Porto Alegre

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Confabulações sobre Amizade Virtual (entre amigos, agora presenciais)














Foto clicada por Maria Alice, esposa do Orlando @obragastronomia, nos dois anos do OBA Gastronomia. Estão aparecendo aqui  @obragastronomia @JoySanchotene @Nrmachado @rutevera @PauloOrti  e outros presentes nesse dia (02/10/2010)

Estávamos nós, um grupo de amigos que se conheceram, inicialmente no virtual, mais precisamente no Twitter, e agora presencialmente, a confabular sobre amizade virtual e, obviamente, na solidificação dela, no presencial.

Aliás, o Marcelo iniciou essa conversa num email enviado a alguns desses amigos, para darmos uma força a outra amiga.
Ao perceber que estávamos conversando, agora já por email... no meu caso, no email pessoal, escrevi manifestando minha alegria em perceber que já não éramos intocáveis, pelo contrário, éramos pessoas que podíamos sentir o calor (fisico) de nossos abraços.


Na sequencia do que eu falei, veio o @Nrmachado danto um RT do que eu falei (vicio de twiteiros).

E, depois o Paulo (@PauloOrti) escreveu isto. Pedi autorização a ele para colocar aqui no meu blog, pois gostei demais.

"Soltar-se em reflexões é ótimo!
O virtual nos permite projetar ... projetar-nos e projetar as imagens
do outro ...
às vezes é fantasia ... outras aproximação de verdades interiores nem
sempre ditas no cotidiano asfixiante
ao projetar-mo-nos ... contamos algo de nós ... que as máscaras do
dia-a-dia ocultam!
e pra olhares atentos ... num relance ... os olhos interiores vêem ...
olha lá ... puxa ... tem um irmãozinho de alma ali!
somos uma parte de imensa vida ... se pulsamos ... fazemos eco!

Benditos ecos vcs são! Sempre gostei de fazer amigos ... feliz por tê-los achado!

Grande abraço
Do tatão ... Paulo!
#arruntatodos !
(tag criada após a festa dos 2 anos)"

 Paulo, querido, muito lindas as tuas palavras.
Obrigada por fazeres parte deste grupo seleto, especial, amigo dev erdade!

Algumas das pessoas que estavam na lista dos emails que trocamos entre nós:
@rutevera @PauloOrti  @Nrmachado @JoySanchotene @AnaCtba @patrulhadalama  @LaraSfair



 Foto clicada por mim em 03/10/2010

sábado, 25 de setembro de 2010

Partirei

















Foto clicada na casa de meus pais em Santa Tereza
Partirei


Juntarei os pedaços
De meus sonhos
Às particulas que restaram
De minhas ilusões.
Perder-me-ei
Nesse universo infinito
Sem dar ouvidos
Às batidas do meu coração!

Transformarei as lembranças
Em saudade...
Maus pensamentos
Colocarei de lado...
Levarei minha bagagem
Repleta de coragem

Para seguir o destino
Que me for traçado!

Transportar-me-ei
A um mundo iluminado
Onde não more a violência
Nem a traição lidere...
Onde a luz do amor
Nos corações impere...
Onde brotem fontes
De felicidade!
Antonia Nery Vanti

Uma homenagem...
Por uma história de amor...

domingo, 19 de setembro de 2010

Links que me interessam e preciso voltar a eles

Wiki das minhas orientandas do Mídias na Educação
http://bit.ly/cVyBgG


Pós-graduação no Brasil e universidades corporativas 
http://bit.ly/b7oQTN 

Fiz o curso a distância... e o mercado aceita?
http://bit.ly/aL3By0

"O Twitter não é rede social"
http://bit.ly/cMWPZY

Youtube da Anita
http://bit.ly/ciUqMn

Passagem das Horas (metáfora para recomeçar)















Trago dentro do meu coração,
Como num cofre que não se pode fechar de cheio,
Todos os lugares onde estive,
Todos os portos a que cheguei,
Todas as paisagens que vi
através de janelas ou vigias,
Ou de tombadilhos, sonhando,
E tudo isso, que é tanto, é pouco para o que eu quero.
Fernando Pessoa

(O lápis com borracha é uma metáfora.
Usarei o lápis para escrever a minha vida, mas, se de repente eu descobrir que aquela não era a vida que eu havia desejado, com a borracha apagarei e recomeçarei uma nova etapa, uma nova vida.)

Patrona de uma turma de formandos (com fotos)

As surpresas que esta vida nos reserva são incalculáveis.
A gente não consegue imaginar o que poderá vir ... e veio.
Num certo dia recebo um scrap de um ex-aluno meu, Muuuuito querido (Eduardo) que diz querer falar comigo urgente.
(Vejam o detalhe! Redes sociais mantém a gente próxima e são usadas para nos manter cada vez mais próximas: VIVA!).
A esposa dele fazia um curso de Análises de Sistemas, na modalidade a distância e queria me convidar para que eu fosse PATRONA  da turma dela.
SURPRESA!
Eu: -Como assim? Mas ninguém me conhece???

Eduardo: - Conhece sim! Eu falei muito de ti para ela e ela já te conhece.

As razões apresentadas para a escolha foram por eu ser professora de informática, por eu trabalhar com EAD e pelo trabalho voluntário que eu faço com a @ongdarute  (www.ongdarute.com).

Bem, aqui algumas fotos que fizemos na noite que os conheci (dos 7 que foram, uma saiu antes das fotos):

Todos nós













Kamilla e eu













Kelly e eu













José Eduardo e eu













Sandro e eu













José Luiz (com Z) e eu














Rafael e eu













Eduardo (O aluno que fez a propaganda toda) e eu













Adorei o convite!
Agradeço lisonjeada por isso.
Na colação de grau conhecerei todos e será um imenso prazer.

domingo, 12 de setembro de 2010

Um orgasmo musical

Desculpem-me os puritanos se peco com minhas palavras, mas essas foram as melhores que encontrei para definir o 4º e último movimento da 7º Sinfonia de Beethoven.
O Maestro Karajan entra em êxtase...alfa total.
O vídeo é estupendo. Rico em detalhes.

A música é esfuziante, vibrante, uma explosão... pura energia, total alegria.. o sangue parece ferver nas veias... corre  a irrigar todos os poros...
A respiração fica em suspenso ... todo o corpo entra em êxtase total...
Todos os sentidos em consonãncia...

É UM ORGASMO MUSICAL!!

Assistam ao vídeo, em tela cheia de preferência, desliguem-se do mundo e ... só isso!
Depois digam-me se cometi algum pecado no uso das palavras.

domingo, 5 de setembro de 2010

Ser eu... por inteiro...

















Eu só sei ser eu por inteiro...
Não me terás e jamais me verás um pouco...
Não sei ser aos pedaços.
Eu transbordo de mim mesma
Sou transparente
Transcendo meu ser

Sou tudo
Sou eu, somente eu, toda eu, sempre EU.
Só Eu.

Foto clicada em 16 de junho de 2010

Se me convidares para viver um sonho...

















Se me convidares para viver um sonho
Eu esquecerei a razão
Eu não terei medidas
Eu perderei meus limites
Perceberei apenas o infinito a minha frente.

Se me convidares para viver um sonho
Oh! Que maior sonhadora que eu pode existir?
Vivê-lo-ei junto a ti até a eternidade.

Não, eu não sonho só dormindo
Eu sonho os sonhos de todos, os meus, os teus, os nossos.

Se me convidares para viver um sonho...
Convida-me!
Serei feliz, bem feliz...

Foto clicada num banco de praça, numa manhã de domingo, final de inverno

VIVER - o meu viver é...

















Viver não é só verbo
É construção
É imperfeição...

Incógnita
Prazer
Dor
Amor
Paixão
Alegria
Tristeza
Amigos (em profusão)
Cão
Sol
Chuva
Caldo de cana
Orvalho
Pés descalços
Terra molhada
Caminhar na grama
Natureza
Ocaso
Estradas
Voar
Fotografar
Viajar
Viajar sem rumo
Asti
Filhos
Filhos felizes
Família
Manhã de domingo
Pernas para o alto
Coca-cola
Vinho
Água
Livros
Escrever
Ler
Ler rótulos
Ler bulas
Rir
Risada
Sorriso
Sombra de árvores
Passear
Trabalho
Bagunça
Festa
Grito de liberdade
Cantar (ainda aprenderei)
Dançar (ainda aprenderei)
Primavera
Mar
Nascer do sol
Pôr-do-sol (tem acento? separa com hífen?)
Dúvidas
Perguntas
Curiosidade
Céu azul
Flores do campo
Sorriso de criança
Borboletas azuis
Bolo numa tarde chuvosa
Poesia
Abraço forte
Abraço aconchegante
Chamego
Calor humano
Calor do fogo em dias de inverno
Chuva no telhado
Amar e ser amado
Namorar, eternamente namorar
Pássaros cantando
Ninhos de passarinho
Alegria (já falei)
Tarde ensolarada
Final de tarde
Passear à luz do luar
Lua
Comida della mamma
Magia
Crianças a correr
Alunos interessados
Organização bagunçada
Bagunça organizada
Campo
Montanha
Caminhar sem rumo
Piquenique
Fogão à lenha
Água de bica
Avenca
Orquídeas
Borboletas coloridas
Estrela Dalva
Aurora boreal (quero conhecer)
Neve (com alguém especial ao meu lado - para me aquecer)
Liberdade
Coração batendo
Emoção aos píncaros
Sensações de vida
Expectativa
Esperar quem chegará
A emoção da espera
Olhar
Tocar
Sentir
Cheirar
Amar
Beijar
Abraçar
Acarinhar
Viver

EU!
Somente eu...
Sempre fragmentos de mim...

Foto clicada numa viagem para Alegrete-RS, em 26 de maio de 2010

sábado, 4 de setembro de 2010

Por favor, não me analise! Queira-me apenas...

















AMOR É SÍNTESE

Por favor, não me analise
Não fique procurando cada ponto fraco meu.
Se ninguém resiste a uma análise profunda,
Quanto mais eu...

Ciumento, exigente, inseguro, carente
Todo cheio de marcas que a vida deixou
Vejo em cada grito de exigência
Um pedido de carência, um pedido de amor.

Amor é síntese
É uma integração de dados
Não há que tirar nem pôr
Não me corte em fatias
Ninguém consegue abraçar um pedaço
Me envolva todo em seus braços
E eu serei o perfeito amor.


Mário Quintana
Amo Quintana em verso e prosa!

Foto: Clicada por @kareninafb, no terraço do ex-Café Magestic - Casa de Cultura Mário Quintana

Sou eu mesma, mas não serei sempre a mesma...

















Sou dona de mim, da minha vida e do meu destino
Sigo meu bom senso, minha razão, minha emoção e minha sede de ser livre
Bom é viver assim, sem amarras, sem apego ao passado e
Sem preocupação com questões que ainda não foram superadas,
Pois o mundo ainda precisa evoluir muito, há muito o que
Superar...
Eu penso, reflito e analiso
Sou um ser em constante mutação
Sou “Eu Mesma”, mas não sou “Sempre a Mesma”
Não sou normal, pois ser normal é chato
É repetitivo, e EU gosto de transformações
Gosto de olhar por vários prismas e
Mudar de opinião, de gosto, etc.
A mudança não é somente física,
Mas também é abstrata e intrínseca.
A beleza e juventude se vão
Mas o conteúdo da alma permanece ...


Lúcia Martins

Foto: Clicada por @kareninafb, no terraço do ex-Café Magestic - Casa de Cultura Mário Quintana

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Passando dos cinquenta... e aí?

















Passando dos Cinqüenta

Meu pescoço se enruga.
Imagino que seja
de mover a cabeça
para observar a vida.
E se enrugam as mãos
cansadas dos seus gestos.
E as pálpebras
apertadas no sol.
Só da boca não sei
o sentido das rugas
se dos sorrisos tantos
ou de trancar os dentes
sobre caladas coisas.

Marina Colasanti

Preciso de um tempo para mim...















Preciso, parar
Preciso que um barco atravesse o mar
lá longe
para sair dessa cadeira
para esquecer esse computador
e ter olhos de sal
boca de peixe
e o vento frio batendo nas escamas.
Preciso que uma proa atravesse a carne
cá dentro
para andar sobre as águas
deitar nas ilhas e
olhar de longe esse prédio
essa sala
essa mulher sentada diante do computador
que bebe a branca luz eletrônica
e pensa no mar.


Marina Colasanti

quinta-feira, 29 de julho de 2010

CONITEC - RJ: encontro de EAD Corporativa - R$85,00

Em função dos pedidos de acesso ao Encontro de EAD Corporativa, a ANITEC resolveu liberar a entrada apenas para o encontro num valor de R$85,00.

Com direito ao certificado. Acesso restrito ao encontro.

Programação:

 
16 de agosto
ENCONTRO DE EAD CORPORATIVA
Coordenação: Elomar Barilli/FIOCRUZ/ANITEC,   Renato Santoro/Anitec  e Rogério Cirilo/ANITEC/ Marinha do Brasil
 
14:00/ 15: 45
Painel: Educação a distância:  Quando é preciso inovar na educação do trabalhador
Carlos Longo, Ibmec
Daniel Orleans, Affero
Alice Fonseca, Instituto Monitor
Mediação: Erika Wernek, Vitrina Comunicação
16: 00/ 17:30
Painel:  Educação do trabalhador, ações e práticas
Paula Martini, SENAI NACIONAL
Rute Fávero, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Anna Beatriz Waehneldt  e Laura Coutinho, SENAC Nacional
Mediação: Luiz Claudio Biagiotti, Marinha do Brasil/ANITEC
17:30/ 18:30
Reflexões: A docência on-line na educação corporativa
Edméa Santos Oliveira, UERJ
José Manuel Moran, USP
Carlos Valente, USP
Eleonora Jorge Ricardo, ANITEC/UERJ/ESTÁCIO
Mediação: Marco Silva, UERJ e Estácio
 

LANÇAMENTOS E AUTÓGRAFOS

Auditório 3° andar

 
·         Educação Online Orgs.  – Marco Silva, Lucila Pesce e Antonio Zuin, Wak Editora
·         Ensino-aprendizagem e Comunicação Orgs – Wendel Freire e Mary Rangel, Wak Editora
·         Sala de Aula Interativa – Marco Silva, Editora Loyola



terça-feira, 27 de julho de 2010

Não se triunfa sozinha! Agradeço a todos...










300.000. Repito: TREZENTOS MIL ACESSOS.
É!
Hoje, dia 27 de julho de 2010 será um marco para o blog da ONG da Rute.
Foi o dia em que o contador, colocado depois (bem depois do inicio do blog) marcou 300.000.
O que isso significa?
Significa que muita gente esteve acessando o blog em busca de um pouco de esperança; em busca de uma vaga de emprego.
Pode parecer pouca coisa, mas estar desempregado é uma das piores situações que um ser humano pode enfrentar.
Imaginem um pai de família, imaginem um estudante que paga sua própria faculdade, imaginem uma mãe que sustenta sozinha seus filhos!
Pois bem, então devem ter imaginado  e percebido que possibilitar às pessoas vagas de emprego  ou de estágio de forma facilitada e gratuita não é algo tão pequeno.
É, sim, dar um pouco de esperança a essas pessoas e possibilitar um vida mais digna a elas.
Quando uma pessoa está trabalhando e consegue retirar o seu sustento e o de sua família, quando é o caso, ela tem mais possibilidades de ter sua autoestima elevada, de se sentir feliz e fazer os que estão ao seu redor felizes.
Porém, quando uma pessoa está desempregada (infelizmente uma realidade para muitos) a tendência é ela ficar cada vez mais fechada em si própria até chegar à depressão, como sei de muitos casos, pelos vários emails que recebo.
Por isso, gente, hoje é um marco para este trabalho voluntário que iniciei há mais de 12 anos.
Com certeza, isso possibilitou que muita gente esteja voltando para suas casas hoje à noite muito mais feliz e com o coração mais leve.
Leve como fica o meu, quando me dou conta disso.

O blog foi criado em setembro de 2008 e, desde lá, vem ajudando muita gente. Inicialmente fiz isso sozinha. Um tempo depois um aluno quis me ajudar. Foi o Lucas (@llightspeed) o meu primeiro colaborador e é até hoje, mas ajuda no blog dos currículos. Com o Luquitas, aprendi a dividir esta tarefa, pois entendi que outros também poderiam fazer junto comigo.
Bem, com ele vieram outros...

ATIVOS atualmente:
- Adriana Italia (com artigos no blog dos currículos)
- Ana Paula
- Lucia Dias
- Malu
- Marcelo (@patrulhadalama )
- Marcos Santos (@marcos_santos7)
- Regys
- Renata Moutinho
- Raquel
- Samantha (@my_pandoras_box) - Atualmente responsável pelos resumos
- Vanessa (iniciando)

Uns já não estão mais, pois não puderam continuar, por n razões.
Colaboraram um dia, colaborarão no futuro, quiçá...
- Adriana Duarte
- Cícero (@cicero_nbkall )
- Cleiton
- Cristiane
- Dani (@danicollet)
- Douglas
- Elena
- Erick
- Fernando
- Franciely
- Lisiane
- Luciano
- Lucia
- Marcos Scopel
- Maria Fernanda
- Paula Toste
- Renata Maia (@NanataMaia)
- Tatiane
- Vinicius
- Zé Paulo (@zepaulo)
- Rondinelson

A todos os que colaboraram com o blog até hoje, meu MUITO OBRIGADA!!!!

Saber que vocês estão aí para me ajudar na postagens das vagas que envio diariamente, é muito bom.
Obrigada também àqueles que buscam outras vagas e vão postando, por conta própria!

Obrigada às pessoas e empresas que enviam vagas para serem postadas!!

Gente, estou muito feliz e quero compartilhar esta felicidade com todos vocês que me acompanham há tanto tempo (ou nem tanto).

Ao pessoal querido que me segue no Twitter e divulga este trabalho, também, meus sinceros agradecimentos.

Como eu sempre digo, NÃO SE TRIUNFA SOZINHA!!

Se hoje chegamos aos 300.000 acessos, mas, acima de tudo, se hoje tem muita gente trabalhando e mais feliz, é porque vocês todos também fizeram um pouquinho e, todos juntos fizemos tudo isso.

SALVE!

@ongdarute
@rutevera

Fonte das imagens:
http://bit.ly/deEugW
http://bit.ly/dctwB6

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Fotos de amigos no Dia do Amigo

Não, eu não sou do tipo que acha que exista somente um dia para comemorar qualquer coisa.
Acho que todos os dias são dias para homenagear a mãe, o pai, a familia, os amigos... o mundo.
Mas sempre fui fã de um empurrãozinho, um lembrete, portanto nos dias estipulados para certas comemorações, eu sempre os interpreto como um pequeno lembrete.
Por isso mesmo, hoje (20/07/2010)* fotografei pessoas e animais que representassem a amizade.
Vejam abaixo!
Espero gostem....
Ah! Um comentariozinho também é legal. :-)

Os meninos estavam a brincar na calçada... Levarão para sempre as doces lembranças de dias vividos com inocência, com amigos de verdade.

















Os amigos se divertem inclusive enquanto trabalham
















Pai e filha: amizade eterna.





















Amigos a parolar, após palestras e palestras em congresso.
















Ao redor de uma mesa, vidas acontecem...
















Ao redor de uma mesa, as alegrias se multiplicam...
















Ao redor de uma mesa... a mesa pode esperar, a vida é mais urgente.
















 Amigos andam juntos, mesmo na noite fria...
















Pois é... os gatos também são amigos e aliviam as dores de muita gente, com sua amizade
















Mesmo um gato preto... Este ajuda uma senhora, minha vizinha.
















Cachorros são amigos de cachorros e amigos de gente. O Guga e a Bella são amigos...
















Eles não fazem cerimônia para se tornarem amigos...
Guga e um cachorro de rua...
















O Guga é amigo de todos...


A menina é amiga da Bella, que é amiga do Guga...



















E esta eu achei especial. vi os dois parados na rua sobre uma moto. Ele ao telefone e ela a observar o Guga que comigo passeava. Pedi e deixaram. Clliquei. O sorriso dela foi encantador...
Sim, pai e filha podem ser eternos amigos. Uma pena que nem todos os pais pensam assim, tampouco agem assim!















Gente, espero tenham gostado desta singela homenagem que dedico a vocês, meus queridos amigos, que, com vossa presença tornam minha vida mais saborosa, mais colorida, mais alegre.
Vocês me fazem acreditar em um mundo melhor.
Obrigada!
I HOPE!

*Quando terminei de postar, já estávamos no dia 21.