Publicidade

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Uma homenagem ao meu orientador de outrora

Caro professor e orientador!

Sabes que tuas palavras são a linha mestra para a gente.

Sempre que nos encontramos na situação de aluno/orientando, nos sentimos um pouco desorientados, precisando que alguém nos dê o norte a seguir, que nos diga palavras que gerem os famosos "desequilíbrios", palavras q nos incentivem a seguir em busca de algo maior, novo e maior, e que nos mostre novos horizontes, ou eu diria que não necessariamente mostre estes horizontes, mas que nos diga q eles existem e, assim, a gente parte em busca deles, inicialmente tateando no escuro, mesmo não tendo muita certeza que eles existam, mas acreditando no que foi dito, portanto, eles devem existir, até que, num belo dia ... uma luz, como uma estrela a nos guiar, nos indica o caminho para este novo, lindo, curioso, instigante e surpreendente horizonte.

O horizonte foi vislumbrado.

Vitória, afinal!
Mas como disse Gabriel Garcia Marques, "a historia se repete" e deste horizonte que nos encontramos, partimos em busca de um novo, e de um outro novo, e de ...

Penso que o ser humano deve ter dentro de si um vulcão sempre em ebulição, chamado "espírito irrequieto". Ele deve ser composto de curiosidade, ansiedade, deslumbramento, desejos, 'quereres' inconstantes, paixão, amores, muitos amores, de todos os tipos e por tudo e qualquer coisa...

Assim ele nunca cessa a busca pelo "horizonte perdido", pelo seu xangrila, mas antes de buscar o paraíso fora de si, a maior busca que o ser humano deve empreender, durante sua vida, é a busca pelo seu nirvana (quando mais - eu disse MAIS jovem, eu li o livro Sidarta e nunca mais esqueci).

É incrível como as palavras de nosso mestre nos afeta e fazem nosso mundo interno dar cambalhotas.

Professor, muito obrigada pela tua ajuda, mas acima de tudo, pelas tuas belas palavras.

Que, talvez, não foram tantas assim, mas foram, sim, o suficiente.

Do fundo do coração, um carinhoso beijo


O nosso mestre é uma estrela no horizonte a nos guiar.

4 comentários:

Anônimo disse...

eu amei essa homenagem

Rute disse...

Bom saber....

Juliana Mendes disse...

Disse tudo... adoreeeiii e compartilhei!

Rute disse...

Q bom q gostaste, Juliana!
Abraço