Publicidade

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Breves linhas sobre amizade no virtual... & outras coisas

Gostaria de escrever mais, mas como eu já deixei dito aqui, não tenho tempo e preciso escrever algo...

Bem, tudo isso fica mais forte participando do Twitter, mas é uma constatação que vem de longa data, uma vez que há muitos anos trabalho com Educação a Distância (EAD) e pesquiso sobre comunidades virtuais/redes sociais.

Esses dias, no Twitter, eu falei que as relações pessoais e, até as profissionais, no virtual são (podem ser) muito mais intensas que as presenciais, porém, tem o agravante de serem menos duradouras, na maioria das vezes.
Podes te relacionar com tanta intensidade com alguém, durante um breve tempo, como se isso sempre tivesse acontecido e como se isso fosse ser eterno, ... em breve a coisa diminui naturalmente e some... somem todas as falas, na TL de cada um (imaginando que todas as redes sociais tenham sua Time Line), porém deve permanecer um gosto de "gosto ainda" no coração de cada um. Acredito eu.
O fato de serem dessa forma, não desqualifica esses relacionamentos.
 
  
E sobre amizade... bem, eu que trabalho com EAD, não conheço muitos dos alunos que já tive, da mesma forma que não conheço muitas das pessoas com as quais me relacionei nas redes sociais que pesquisava e pesquiso, mas tenho amizades muito grandes e perenes com muitas dessas pessoas.

Nisso incluo as pessoas que tenho ajudado com meu trabalho voluntário na ONG da Rute e as que me ajudam a ajudar, sejam os colaboradores que ajudam a postar as vagas que recebo e envio a eles ou seja as pessoas que me enviam essas vagas para serem postadas. Mantenho um lindo relacionamento com eles e o que nos une, nesse caso é , acima de tudo, a vontade de fazer o bem, de ajudar outrem.

Pois é... sempre dá vontade de escrever muito mais, mas o tempo urge. Preciso parar.

Ao trabalho, novamente.. mas antes vou almoçar...

Ah! começou o inverno hoje de manhã e ele se fez notar. Inverno que se preze não chega de mansinho, não. Ele chegou trazendo o frio e o vento gelado que é bem característico desse cantinho que me cabe deste Brazilzão.

Foto feita em Garibaldi, por Ivane
Apenas concluo que é possível sim, termos queridos e eternos amigos seja lá onde for, de que forma for, para quanto tempo for... e sendo amizade de verdade.. será para sempre, não é mesmo, meus queridos amigos?!

 Orquídeas cultivadas por papai e mamãe

Ah 2! Este post foi inspirado num comentário que deixei num outro blog, o da @patrimm

Fotos bem acima feitas em Rio Grande-RS.

2 comentários:

Nilce Bravo disse...

Segunda é complicado para mim, e tenho cantoria à noite.Entrei só pra postar minha #photoday, mas a tentação de olhar a TL foi mais forte e cheguei aqui! Amei, tenham todos uma iluminada tarde e noite. bjs

Caricaturas Urbanoides disse...

Gostei do teu blog. Vou passar a acompanhá-lo