Publicidade

domingo, 4 de julho de 2010

Instantâneos de minha vida - 04/07/2010 - #PhotoDay (com legendas)

Bem, o pessoal do #PhotoDay sabe muito bem como eu insisti que pusessem legendas nas fotos.
Para mim, as legendas é que dão vida ás fotos.
São elas que mostram as emoções que perpassaram no momento em que o instantâneo foi clicado.
Então, ao olharem as fotos, não deixem de ler as legendas. Só assim saberão do porquê delas.
Valeu a visita, gente!!!

Estas árvores são lindas. As folhas caem quase todas e ficam somente as flores, mas neste ano, devido ao clima que tem feito, as folhas ainda estão aí e muitas flores já estão ficando velhas e caindo. Acho lindo ver as quatro árvores que decidiram se "abraçar" e recobrem a rua como um arco.












































Este senhor levou esta varaconsigo para poder alcançar nos abacates desta árvore, que está no pátio de um prédio qualquer. pegou alguns e, depois o vejo indo embora, com sua sacola mais cheia.. Fará a festa, quiçá!


































Uma flor esquecida no chão...














E todos os dias eu passo por aqui. Assim de repente, do nada surge uma cratera...Muita chuva? Será?















A foto da árvore com as vagens gigantes de dia...















Meu céu de anil... Amo essas tardes de outono (porto Alegre/2010)




























Pois então.. resolvi clicar esta flor novamente, agora de dia. Ainda preciso adquirir mais técnica...



































Eu te abraço, me enrosco, me entrelaço... e me seguras...




















Curto casas, curto telhados com telhas de barro e, com antenas de TV deste tipo, ficam mais românticas...













Minha sombra












Nada como uma tarde, num domingo de outono para lagartear e ler um jornal...














Eu sei, já devo ter dito e certamente, repetirei inúmeras vezes: eu adoro a cor do sol nas tardes de outono, adoro a luz dele na natureza...







































Escadas são sempre um mistério, um caminho, um ponto de partida, uma chegada...



















Caminhos que levam para onde? Olhando não levam a lugar algum.. e é isso mesmo. A passarela acaba abruptamente.














Cães vorazes e ferozes. Eles já mataram uma cachorrinho que passava por lá, pois um deles conseguiu se soltar e até hoje os donos continuam mantendo-os assim... Denunciar? Já fizeram tantas vezes...
Eles foram minha #PhotoDay de hoje.A foto está assim, pois aumentei o foco, mas a intenção era que não ficasse nítida, uma vez que não quero identificar as pessoas. Gostei de vê-los sentados, conversando, numa tarde de um domingo de outono.

2 comentários:

Isie Fernandes disse...

Amei as fotos! Também gosto de fotografar coisas diferentes... E, como escrevo, fotografar pessoas me ajuda a criar incríveis personagens. Achei o máximo as fotos dos rapazes. Amei a flor esquecida no chão!

Bem, estão ótimas! Parabéns.

<><<

Rute disse...

Isie, muito obrigada pelo comentário e pelos excessivos elogios. eheheh...
A fotografia revela muito de nossas almas. Adoro fotografar. Se tu gostas de fotografia, fica atenta, pois pretendo postar várias aqui. :-)
Um abraço e volta sempre.
beijos
Rute